Entender meus gastos, reduzir despesas e investir mais

Para muitos pessoas diminuir despesas é um grande desafio, saber quanto dinheiro terá no final do mês é algo que apenas uma pequena parte de nossa população conhecem esses números. Isto se deve ao fato da impopularidade do assunto planejamento e orçamento pessoal e familiar. As famílias não sabem a importância de se ter um planejamento financeiro claro e de longo prazo.

Até os que possuem conhecimento sobre o tema não agem de forma equilibrada e contraem dívidas com gastos que poderiam ser evitados, por um bom tempo, eu mesmo agi dessa forma.

Poucos brasileiros conseguem chegar ao fim do mês com saldo positivo na conta bancária ou até mesmo investir pensando no futuro ou na realização de sonhos.

Por isso, além de conhecer quais são os tipos de gastos que compõem suas finanças pessoais, é muito importante entender como diminuir os gastos e economizar de maneira inteligente para ter uma vida financeira saudável e um futuro mais confortável.

Manter um orçamento positivo é uma tarefa fácil e falo por experiência própria, requer atitudes saudáveis nas finanças. Mas, nem sempre é possível agir de forma equilibrada e muitas vezes contraímos dívidas com gastos que poderiam ter sido evitados.

Vou mostrar a seguir algumas forma práticas de economizar e reduzir gastos em sua rotina.

Por que os brasileiros têm dificuldade para economizar dinheiro

Está em todos os jornais e TVs. A notícia sobre o nível de endividamento dos brasileiros é constante e preocupante.

Estudo de outubro de 2019 da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) apontou que 64,7% do total de famílias têm dívidas.

O aumento dos indicadores de inadimplência reflete o maior comprometimento de renda das famílias com as dívidas.

Dentre os principais vilões do orçamento, foram listados pela CNC:

Cartão de crédito

Carnês

Financiamento de carro

Neste cenário, economizar acaba sendo uma tarefa difícil. É preciso ter dedicação e comprometimento para seguir as dicas e colocar as contas em dia.


Cadê o bolo que estava aqui?

É provável que já tenha se pegado alguma vez se perguntando onde foi que gastou o dinheiro que estava na carteira. Isso é bem comum, especialmente quando não temos o hábito de anotar as pequenas despesas do dia-a-dia.


O primeiro passo para organizar suas finanças é entender bem o histórico de suas finanças pessoais e organizar os gastos em um papel, planilha ou alguma ferramenta de controle financeiro.


Também é importante entender que nossas gastos possuem classificações como por exemplo: Essenciais, despesas fixas, despesas variáveis e gastos supérfluos. Categorizando seus gastos, você poderá fazer escolhas para economizar seu dinheiro.


Gastos essenciais podem ser economizados

Olhando friamente para esse controle, provavelmente você irá identificar algumas dessas despesas que podem ser reduzidas sem causar grande impacto na sua vida e rotina. É o caso da economia de água ou energia elétrica. Conseguir reduzir contas que já são constantes é um grande passo para economizar dinheiro.


Renegocie os gastos necessários

Sempre é possível manter alguns gastos, mas tentando diminuir a fatura mensal. Alguns caminhos que pode tomar são: Entrar em contato com a operadora do seu celular, TV por assinatura ou internet são ótimos exemplos para conseguir ter uma maior sobra de dinheiro no final do mês e aumentar os seus investimentos. Talvez troca a TV a cabo por Netflix ou Amazon Prime, que são bem mais baratos oferecendo uma grande gama de series e filmes a um preço super popular.

Um pouco de desconto não faz mal para ninguém

Mesmo controlando seu orçamento mês a mês alguns gastos inesperados podem aparecer. E se comprar não for negociável provavelmente o desconto será. Para a maioria das compras é possível conversar com o vendedor da loja ou gerente e conseguir um preço menor caso o pagamento seja à vista, por exemplo.


Também é cada vez mais popular sites e promoções que oferecem cupons de desconto para a compra de determinados itens, especialmente em momentos promocionais. Buscar por esse tipo de benefício também pode te ajudar a guardar mais dinheiro e investir mais no final do mês.


Os valores de mão de obra também podem ser negociados e pedir desconto. Mas cuidado para não ser rude e parecer que está desvalorizando o trabalho de outra pessoa. Deixe claro que quer desconto pois precisa do serviço e precisa também economizar.


Se você parar para pensar se realmente vai precisar de determinado produto, a tendência é que haja, naturalmente, uma redução em gastos desnecessários. O maior desconto está em não comprar algo que você não precisa e que não é essencial no momento.


Afinal, apesar do desconto fazer parecer a compra um ótimo negócio, desistir de comprar algo desnecessário faz com que você economize um valor muito maior.


Se você você não pode se dar ao luxo de ter gastos desnecessários, ou não sobra muito dinheiro depois de pagar as contas, deve pensar muito bem antes de comprometer parte desse dinheiro em algo que não precise apenas porque foi atraído pelo desconto oferecido.

Lembre-se, se você não comprar nada, o desconto é maior.

Renda extra é carta da manga que vai auxiliá-lo a sair de dívidas mais rapidamente.

Para muitos brasileiros hoje a renda extra já se transformou na renda fixa de muitas famílias. Mas até mesmo nesses casos, quando não existe um volume de entradas fixo no mês, é sempre possível encontrar novas alternativas para conseguir um dinheiro a mais no seu orçamento.

Dependendo da sua atividade de trabalho é possível encontrar várias oportunidades em sites especializados.

Temos um post aqui com 13 dicas para fazer uma renda extra


O maior desconto

Se você coloca sua cabeça para pensar se realmente vai precisar de determinado produto, a tendência é que haja, naturalmente, uma redução em gastos desnecessários. O maior desconto está em não comprar algo que você não precisa e que não é essencial no momento.


Afinal, apesar do desconto fazer parecer a compra um ótimo negócio, desistir de comprar algo desnecessário faz com que você economize um valor muito maior.


Se você você não pode se dar ao luxo de ter gastos desnecessários, ou não sobra muito dinheiro depois de pagar as contas, deve pensar muito bem antes de comprometer parte desse dinheiro em algo que não precise apenas porque foi atraído pelo desconto oferecido.

Lembre-se, se você não comprar nada, o desconto é maior.


Gaste menos nas compras especiais

Esta dica pode parecer óbvia, mas não é. Muita gente não se programa e acaba gastando muito para comprar presentes, móveis, itens essenciais e outras compras mais complexas.

Para ficar no azul, é preciso planejamento. Essa palavrinha mágica deve estar sempre no seu vocabulário, por isso não esqueça de colocar ela em prática.


  • Ao se planejar bem para saber o quanto vai ter à disposição para gastar com presentes, você evita já de cara gastos absurdos.

  • Quando você anota suas receitas e despesas e sabe exatamente o quanto pode gastar, fica mais fácil estabelecer metas.

  • Evite gastar tudo o que sobrar de dinheiro e sempre reserve uma parte para emergências.

  • A chave para um orçamento equilibrado é o controle financeiro.

  • Quando você gasta menos do que tem, sempre vai sobrar dinheiro.

  • Por isso, planeje-se para ter um teto de gastos. Com comprometimento e muita pesquisa de preços, ficará mais fácil economizar dinheiro.

  • Avalie ainda se comprar presentes pela internet pode baratear seus custos. Com desconto, vai sobrar mais dinheiro para você.

Cuidado com compras por impulso

As tentações são grandes, isso é fato. Em diversas épocas do ano os lojistas costumam nos inundar com promoções, descontos, liquidações…


É normal que as pessoas fiquem tentadas a comprar mais do que de fato precisam.

Mas antes de sair gastando de forma descontrolada, lembre-se da meta de gastos que estabeleceu.


Para ajudar a cumprir a meta, uma dica bacana é fazer uma lista de compras. Antes de sair comprando tudo, veja o que de fato precisa.


Anote tudo o que você precisa comprar e quem serão os presenteados. Para cada um, estabeleça um valor e foque em se manter nele.


Mudar o estilo de vida

Se você quer criar o hábito de economizar dinheiro, é fundamental que você repense muitas atitudes.


  • Observe o seu estilo de vida atual e veja se faz sentido mudar algumas coisas para poder gerar economias.

  • Use seu cartão de crédito com consciência. Além de ter uma das taxas de juros mais caras do mercado, ele dá a falsa sensação de que temos mais dinheiro do que de fato temos. Evite ao máximo parcelar compras e procure sempre pagar as compras à vista para ter descontos.

  • Sabe aquele item que você raramente usará novamente? Pois bem. Aqui, a ideia é pegar emprestado de alguém ao invés de gastar com algo que terá pouco uso.

  • Comprar algo novo ou consertar o antigo? Ao se ver diante de uma roupa que não serve mais ou um eletrodoméstico quebrado, evite o impulso de ir ao shopping. Avalie a possibilidade de conserto ou de venda de usados. Pode sair bem mais barato para você.

  • Procure trocar alguns jantares fora por uma refeição caseira. Não é preciso cortar tudo de uma vez. Apenas reduza as saídas e diminua gastos com comida que sempre é mais cara quando consumida em um restaurante.

  • Em vez de contratar uma faxineira duas vezes por semana ou um pintor para retocar a sua casa, que tal assumir essas tarefas? Ao botar a mão na massa e fazer você mesmo algumas tarefas, a economia de dinheiro é garantida.

Economize o gasto desnecessário e invista

Estando atento a todos os pontos descritos, você já deve ter percebido que é possível, sim, economizar no seu dia a dia. Mas isso não significa que você deve deixar todo o dinheiro que conseguir juntar parado.


Investir o dinheiro que você economizou é uma excelente maneira de se planejar financeiramente e a melhor maneira de fazer com que o seu dinheiro seja bem utilizado. Ao investir, você não apenas economiza o que iria gastar desnecessariamente, como também faz com que seu patrimônio aumente.


Sua missão agora é seguir as dicas para economizar e começar o quanto antes a poupar nas compras do dia a dia e também naquelas especiais. Sem exagero nos gastos e com um planejamento bem feito, vai sobrar dinheiro para seus objetivos e investimentos.


#planejamentofinanceiro #finanças #finançaspessoais #dinheiro #investir


Fonte: conteudos xpi