O mercado de trabalho pós pandemia

A pandemia causada pelo covid-19 modelou diversas formas de atuar no mercado do trabalho.

Aquele pequeno comerciante teve que se reinventar, aquela empresa com computadores e sistemas legados ligados aos cabos tiveram que romper as barreiras das mesas fixas e se mudarem para o trabalho remoto.


As vendas que antes ainda eram muito presenciais, precisaram migrar suas lojas para a “nuvem” (lojas virtuais). Para aqueles que já estavam acostumados com essas modalidades de trabalho estiveram em posição de vantagem em relação aos demais.


Mas todo esse novo cenário que a quarentena montou, além de trágico para muitos também trouxe reflexão e aprendizado para todos que quiseram tomar esta crise como lição e assim passar por este momento e chegar no pós pandemia sendo uma empresa mais forte, sendo um empresário mais forte sendo uma pessoas mais forte.


Mas como ficará o mercado de trabalho pós pandemia?


A Head Hunter Paula Pedrosa escreveu um artigo incrível sobre a reinvenção profissional pós-pandemia no linkedin, Paula disse: “A pandemia está fazendo as pessoas aprenderem a lidar com demandas de maneira integrada, com a digitalização, com novas habilidades e com o desenvolvimento da resiliência. Daí vem a característica, muito requerida hoje, a reinvenção profissional. Nesse novo contexto, habilidades comportamentais e competências subjetivas ganharão cada vez mais importância nos processos seletivos.”


Reinvenção profissional

Certamente é algo de bom que o mercado de trabalho irá exigir. Está cada vez mais comum encontrar bancos físicos, migrando para contas digitais, autenticação de documentos sendo feitas de forma digital, compras sendo feitas através da internet, cursos ministrados de formas on-line, shows sendo exibidos nas lives do youtube e etc.


Hoje o mercado tem exigido menos habilidades técnicas ou, pelo menos, tem deixado de ser o primordial para contratações e está exigindo mais as habilidades comportamentais.


As tarefas estão cada vez mais automáticas, os chatbots cada vez interagem melhor com as opções oferecidas através de mensagens de texto nos sistemas de suporte.


As reuniões que antes tinham a necessidades de serem presenciais agora estão cada vez mais intensificadas nos encontros no Zoom, Google Meet, dentre outros.


As contratações se dão através de B2B, por projeto, freelancers, aplicativos como GetNinjas ou aplicativos por demanda, como os usados para entregas rápidas ou transporte alternativo são uma realidade que ganham cada vez mais mercado e adaptação para as necessidades do dia-a-dia.


Como disse a Paula Pedrosa, é tempo de mudarmos nossa forma de pensar, e ver que o mercado de trabalho que estamos vivendo na pandemia será o novo mercado de trabalho, ou o atual mercado de trabalho. Precisamos amplificar as habilidades do futuro e assim nos preparamos para o novo hoje.


Seguramente, estas mudanças são para todos, empregadores e colaboradores.


Informe-se, automatize, evolua. O novo chegou, o novo é agora.


#novoscomeços #umnovoagora #desenvolvimentopessoal #homeoffice

7 visualizações