Fazer o bem cansa!

Fazer o que é certo cansa. Fazer o que é bom para os outros cansa. O cansaço nos leva ao desânimo.

Deus nos orienta a não parar de fazer o bem

Um dos bens que Ele nos faz é ensinar que não devemos desanimar. Porque nós podemos desanimar de fazer o bem.

Não desanimamos por causa do esforço que o corpo tem que fazer para atender a tantas necessidades. Nós desanimamos quando não vemos resultados concretos de nossas ações. Não desanimamos por causa dos recursos necessários para alcançar os que precisam.

Nós desanimamos quando os recursos aplicados são insuficientes. Nós desanimamos por causa das frustrações e dos abusos.

Quem resiste ao fato de nada acontecer, apesar do trabalho? Quem permanece solidário diante dos aproveitadores?

Nós desanimamos quando a nossa motivação não é legitima.

Nós desanimamos quando entendemos que fazer o bem é uma obrigação ou um compromisso para receber algum benefício em troca.

Para não desanimar, precisamos ter em mente que este mandamento de Deus é para o nosso bem. Independentemente dos resultados, fazer o bem nos faz bem. (Gálatas 6.9)

Para não desanimar, precisamos nos lembrar que precisamos uns dos outros.

Para não desanimar, precisamos aprender a esperar o tempo certo, não da recompensa, que não é a nossa motivação. Mas da realização.

Toda semente lançada dá fruto. Esperemos.

" O Novo Testamento fala comigo, Jesus estava sempre estendendo as mãos para os pobres, sempre tentando levar as pessoas a não ver os pobres como diferentes dos outros. Isto ficou impregnado em mim". (Melinda Gates)


#desenvolvimentopessoal #mindset

42 visualizações